NOTÍCIAS
Actualidades do IPP
15 Julho 2021 | Vista 2384 vezes |

TERMINA CICLO DE FORMAÇÕES-PILOTO DA ACADEMIA DE LIDERANÇA

A Directora Executiva do Instituto Pedro Pires para a Liderança (IPP), Indira Pires, estará durante esta semana em Bissau para participar no encerramento do ciclo de formações-piloto promovidas pela recém-criada Academia de Liderança da Guiné-Bissau e realizadas com aporte pedagógico IPP.

A Academia de Liderança da Guiné-Bissau - projecto com financiamento do PNUD Guiné-Bissau e implementado em parceria com a Escola Nacional de Administração (ENA) da Guiné-Bissau - tem como objectivo capacitar guineenses para o exercício de uma liderança aberta à inovação, focada nos direitos humanos, na justiça social, na democracia, no Estado de Direito e no respeito incondicional pelas diferenças. A expectativa é de que os formandos da Academia aprendam a liderar eficazmente (inclusivamente em contexto de crise), se engajem com questões locais, nacionais e globais e estejam cientes de que a sua contribuição individual tem implicações numa comunidade maior, que é a humanidade. Uma vez capacitados, atores locais guineenses, das mais diversas esferas, estarão munidos de ferramentas e conhecimentos que lhes permitirão participar mais eficazmente no processo de desenvolvimento e de construção da paz e da estabilidade na Guiné-Bissau, transformando-se, assim, em verdadeiros agentes de mudança.

Em Maio de 2021, a Academia de Liderança da Guiné-Bissau realizou, em Bissau e sob coordenação pedagógica do IPP, uma Formação em Liderança para Formadores. Seguiram-se outras três acções formativas presenciais, realizadas em Bissau durante a primeira quinzena de Julho, também com apoio pedagógico do IPP:

- Workshop de Reforço Pedagógico - de 30 de Junho a 01 de Julho

- Curso de Liderança e Serviço Público - 05 a 09 de Julho

- Curso de Desenvolvimento Pessoal e Liderança - 12 a 16 de Julho

Esta parceria teve início em Janeiro de 2021, resultado de um Acordo assinado em Novembro de 2020, entre o IPP e o PNUD Guiné-Bissau. O Instituto prestou assistência técnica durante a preparação e implementação desta fase piloto, que visou criar as bases para o funcionamento autónomo da Academia. A missão da Academia é clara e assenta em 4 pilares fundamentais: (i) Investimento em capital humano, (ii) Criação de capacidades nacionais para a gestão do desenvolvimento, (iii) Promoção de lideranças transformadora e (iv) Ancoragem dos princípios da construção da paz e da coesão nacional em todos os níveis de governação e governança.

Menu Top